Feeds:
Posts
Comentários

O túnel do carpo é uma estrutura formada por pequenos ossos no punho e pelo ligamento transverso, por onde passam tendões responsáveis pela flexão dos dedos e o nervo mediano, que enerva o polegar, o indicador e o dedo médio e parte do anelar.

A Síndrome do Túnel do Carpo (STC) consiste na compressão do nervo mediano contra o ligamento transverso, que pode ser causada por uma inflamação nos tendões que passam pelo canal.

Atualmente, essa alteração tem atingido um número de pessoas cada vez maior,  principalmente trabalhadores que exercem atividades de intensa movimentação do punho. É também mais comum em mulheres. 

Sintomas: Os principais sintomas da Sindrome do Túnel do Carpo são:  dor , queimação ,formigamento ou adormecimento das mãos e/ou dedos. A dor pode irradiar para os cotovelos e ombros. Os sintomas ficam piores à noite. O prolongamento dos sintomas provoca dificuldade em executar movimentos pequenos com as mãos, como por exemplo colocar linha numa agulha.

Causas: Um dos principais motivos para o aparecimento da síndrome do túnel do carpo são as doenças ocupacionais causadas por movimento ou esforço repetitivo. A flexão e extensão do punho causam esse tipo de lesão, porém traumas como fraturas também podem levar a síndrome. Pessoas diabéticas podem ter mais facilidade em desenvolver a doença decorrente de alterações do tecido sinovial.

Diagnóstico: O diagnóstico é realizado por médico ortopedista ou especialista em mãos. Consiste em avaliação clínica e teste eletroneuromiográfico (ENMG). Este demonstra a redução ou bloqueio da função de condução do nervo.
Para diagnosticar a STC, o médico fará perguntas como: se sente formigamento a noite na região, se ele tem dificuldades de pegar objetos pequenos, e após fará testes que confirmarão se há compressão do nervo mediano ou não.
  – O teste de Phalen consiste em dobrar o punho e mantê-lo flexionado durante um minuto, se houver lesão, o indivíduo sente os sintomas se agravarem.
O teste de Tinel consiste em percutir o nervo mediano, que se estiver comprometido, provocará sensação de choque e aumentará o formigamento no local.

Tratamento: O tratamento deve ser específico para cada grau de compressão do nervo mediano, que pode ser dividido em leve, moderado e grave.

O tratamento conservador consiste em fisioterapia, uso de órtese (mantém o punho em extensão), acupuntura e medicações anti inflamatórias, além de exercícios de alongamento e melhora da postura, principalmente relacionada ao trabalho. São utilizadas em algumas situações infiltrações com corticoides.
Quando o tratamento conservador não melhora os sintomas, o procedimento cirúrgico deve ser utilizado, porém se o fator causador da doença não for eliminado, pode-se ter uma recidiva da lesão.
 A acupuntura pode auxiliar no tratamento diminuindo a dor e edema local, aumentando a sensibilidade e força muscular. E é considerada uma forte aliada para associar aos tratamentos pois elimina ou ameniza bastante a dor.
Síndrome no ponto de vista Oriental
Exceto nos casos por traumas, a síndrome do túnel do carpo deve-se devido à obstrução da circulação de energia e sangue do canal Principal (C/S) e de seu canal de energia Tendinomuscular, como conseqüência da penetração do Frio, Umidade ou Vento.
O aparecimento de dor no punho deve-se às alterações da energia do Xin(Coração) e dos Canais de Energia (Tendinomusculares e Principais) que passam por essa articulação.
Os Canais de Energia sofrem o processo de estagnação de energia e sangue que quando acometidos por energias perversas vento, frio, umidade, umidade-calor, ocasionando além da dor, processos inflamatórios, derrames sinoviais, artrites, artroses, na dependência do tipo e das características de cada energia perversa.
A Síndrome do túnel do Carpo pode ser uma manifestação clínica da Síndrome Yang Qiao Mai ou do Yin Qiao Mai (este acompanhado de cervicobraquialgia). Associa-se problemas de tensão e stress ao tratamento.
A melhora do quadro de dor com a acupuntura é bastante eficaz tanto em casos agudos como crônicos. Indica-se de 5 a 10 sessões com intervalos dependendo de cada caso de dor. O tratamento consiste em agulhas corporais e nos locais próximos a área lesada associados com eletroterapia, acupuntura auricular, exercícios e alongamentos para ganho de força e amplitude e a sangria para melhorar o fluxo sanguíneo e energético do punho.
Anúncios

É importante considerar que a infertilidade influencia no psicológico e social do casal, que se vê incapaz de ter descendentes que possam vir a complementar seus projetos de vida. Não se deve subestimar,sob hipótese alguma, o peso dessa condição no relacionamento dos parceiros

Face à evolução da medicina e ao aumento das alternativas terapêuticas, nota-se um aumento contínuo ao número de consultas às clínicas de infertilidade. Tal fato também é dependente da presença feminina no mercado de trabalho e de suas mudanças no comportamento socioeconômico. Devido à participação da mulher nas atividades profissionais, levando – as a adiar a decisão sobre a gravidez. Isto significa que muitas destas mulheres expressarão o desejo de engravidar ao redor dos 35 anos, fase crítica do começo da diminuição da probabilidade de gravidez.

 

O aumento da idade da mulher que deseja a gravidez, associado a problemas psicossociais, acentuam o perfil psicossomático caracterizando mulheres muito mais ansiosas, na expectativa de resultados positivos e com menor aceitação das condutas médicas, favorecendo e exacerbando os mecanismos de instalação da endometriose.

Um trabalho de 2010 demonstrou que o método de colocação de agulhas em vários pontos do corpo, pode ser de grande ajuda na linda jornada de ter um filho. O estudo foi publicado no British Medical Journal e revelou um aumento bastante significativo nas chances de sucesso dos tratamentos de FIV, principalmente se a paciente se submeter-se a técnica 30 min. antes da transferência e também após o procedimento, pontos escolhidos: pernas, no baixo abdome, nas orelhas e na região lombar.

 

2- Infertilidade para a Medicina Tradicional Chinesa

Pode-se verificar que, a investigação das causas da infertilidade envolve fatores hormonais, causas físicas, má formação, entre outras. Há duas concepções clássicas de infertilidade feminina: deficiências congênitas e patologias adquiridas.

A infertilidade causada por fatores patogênicos adquiridos pode ser definida em basicamente três tipos: Plenitudes,  Vazio de Qi(energia) e de Xue(sangue).

O tipo plenitude é quando pode ocorrer a obstrução do útero e dos canais energéticos por fatores patogênicos. O tipo vazio é quando há falta de Qi(energia) ou Xue(sangue) e é necessário tonificá- las.

E há ainda as deficiências congênitas que são as alterações anatômicas do órgão sexual feminino.

Os fatores patológicos adquiridos são quando o equilíbrio Yin/ Yang está em desarmonia devido a fatores externos adquiridos com o tempo.

Para a Medicina Tradicional Chinesa a saúde de um indivíduo depende basicamente do sutil equilíbrio entre Yin e Yang. Quando esse equilíbrio esta abalado começam surgir os padrões patológicos (doenças).

Ao restabelecer o equilíbrio entre Yin e Yang é possível eliminar os fatores patológicos e restabelecer a saúde do individuo. Através Além do tratamento com acupuntura dos pontos sistêmicos existem outras técnicas da Medicina Tradicional Chinesa que podem ser utilizadas no tratamento da infertilidade feminina.

Efeitos da acupuntura:

A acupuntura aumentaria a circulação sanguínea no útero (melhoraria as condições do endométrio, incluindo a melhora da perfusão uterina), fator importante para a boa fixação do embrião dentro do órgão; estimularia a fabricação de substâncias que combatem os efeitos negativos do stress, condição que comprovadamente atrapalha as possibilidades de sucesso dos tratamentos; aumentaria a capacidade das mulheres de produzir óvulos (aumentaria o número de folículos produzidos no tratamento de Fertilização in vitro); ajudaria a regular os níveis hormonais e proporcionar maiores taxas de ovulação; beneficiaria mulheres com Síndrome de Ovários Policísticos e ciclos anovulatórios; proporcionaria a melhora quantitativa e qualitativa do sêmen de homens inférteis; beneficiaria pacientes com alterações da tireóide que possam alterar a fertilidade; aumentaria as taxas de gravidez e parto em mulheres submetidas à Fertilização in vitro (FIV).

Provocaria a liberação de beta endorfinas que afetam a secreção de GnRh e consequentemente podem influenciar o ciclo menstrual, a ovulação e a fertilidade.

Indicação:

Para aquelas mulheres que não tem acupunturistas nas clínicas responsáveis por seus tratamentos, aconselha-se a antecipação da sessão para o dia anterior à transferência e que o tratamento comece pelo menos 1 mês antes do dia da fertilização (8 a 10 sessões), já que os efeitos de cada sessão duram de 3 a 5 dias.

A mulher deve iniciar o tratamento com a acupuntura antes mesmo do uso das medicações de estímulo,geralmente 2 a 3 meses antes.

O procedimento só não é indicado depois de comprovada a gestação, pois pode induzir contrações e até um parto prematuro. Além disto, algumas doenças não podem ser tratadas pela acupuntura: pólipo endometrial, o mioma uterino, malformações uterinas, doenças das trompas com oclusão total, que tem tratamento cirúrgico por laparoscopia ou histeroscopia.

 

 

A INFERTILIDADE NA VISÃO DA MTC
  • Fraqueza constitucional: Importante causa da infertilidade devido à fraqueza da Essência do Rim. Pode ser causada pela mãe que o concebeu muito velha, a constituição e a saúde dos pais não sendo boas no momento da concepção, etc. Pelo fato de ser a essência do Rim a base para o Qi Pré- Natal, a mulher não pode conceber.
  • Excesso de trabalho: longas horas sem repouso adequado e com dieta irregular após muitos anos é a maior causa de deficiência de Yin do Rim (Shen).
  •  Excesso de exercício físico: o trabalho físico excessivo ou exercício extenuante enfraquecem o Yang do Baço e do Rim, especialmente quando o Útero da menina jovem está em estado vulnerável.
  • Atividade sexual excessiva: enfraquece seriamente os Rins e lesa os Canais Ren Mai e Chong Mai e pode causar infertilidade.
  •  Invasão pelo Frio: Causa muito comum de infertilidade em mulheres jovens. O Frio invade o Útero e os Canais Ren Mai e Chong Mai impedindo fertilização.
  • Dieta: Excesso de alimentos e bebidas frios também leva Frio ao Útero. O consumo de Laticínios e produtos gorduroso forma Umidade no Aquecedor Inferior, impedindo a fertilização (bloqueio das trompas de Falópio).

Atualmente um dos sintomas que mais aparece dentre ansiedade e stress é a exaustão mental. Inicia-se com um cansaço crônico (dorme mas acorda muito cansado, como se não tivesse dormido nada), sono agitado, falta de paciência, falta de concentração, memória fraca. Estes são alguns dos sintomas que acompanham e resultam na exaustão mental, é quando a cabeça não desliga nunca. Está sempre pensando, planejando, calculando; enfim o corpo pode até descansar com uma noite de sono, mas a cabeça continua trabalhando.

Um processo habitual  desta fadiga mental gera um desequilíbrio ainda maior no organismo. Começa a faltar energia para os órgãos, desta forma instalam-se as patologias diversas.

Durante uma noite de sono, a cada horário um órgão é responsável para manter o equilíbrio energético do corpo no metabolismo basal… enquanto os outro órgãos se repões energeticamente (consultar post “relógio biológico“. A partir do momento que a mente não desliga, todos os órgãos são obrigados a trabalhar diminuindo cada vez mais sua energia. A mais esgotada sempre será do seu órgão alvo (que depende de sua personalidade).

O stress e suas 4 faces.

Com uma sessão de acupuntura já obtém-se um relaxamento mental, Com algumas sessões seu corpo e mente conseguem desligar da rotina e descansar. É fundamental, que a mente descanse…

Se houver qualquer semelhança com o quadro acima, seu diagnóstico já está traçado! Procure uma acupuntura e liberte-se do “Stress”

Você, seu corpo e sua mente merecem o equilíbrio!

Ligue e agende seu horário: 43 33225301

As primeiras 8 pessoas que curtirem a página compartilharem este post ganham 1 sessão de acupuntura!

Artrite x Acupuntura

Segundo a Medicina Ocidental,  a artrite é a inflamação das articulações.                   Em sentido amplo: é conjunto de sintomas e sinais resultantes de lesões articulares produzidas por diversos motivos e causas, na maioria das vezes desconhecida.

Sempre que uma doença tem motivo desconhecido, ela acaba sendo considerada uma doença “auto-imune”, em que o corpo “luta” contra si próprio, gerando inflamações de repetição em áreas diferente do organismo. A Artrite é considerada uma doença reumática e afeta mais as mulheres do que homens, e está presente principalmente na fase adulta.

Seus principais sintomas são: dor e rigidez articular e muscular que normalmente melhoram quando o corpo é aquecido.

Para a Medicina Tradicional Chinesa a artrite se enquadra como Síndrome da Obstrução Dolorosa, conhecida também como Síndrome Bi.

A Síndrome Bi é caracterizada por dor músculo-articular causada por invasão de fatores patogênicos externos, ou seja, por invasão de frio, umidade, calor ou vento. Estes fatores, quando dentro do corpo, impedem a energia e o sangue de circular, assim, os músculos ficam mal nutridos e ficam impossibilitados de se contrair e mover os ossos, o que gera dor.

Enquanto o meridiano estiver bloqueado a doença pode ser agravada comprometendo área óssea, onde as consequências vão além do sistema músculo esquelético, afetando também os órgãos internos.

É necessário lembrar, que para que haja a invasão de fatores patogênicos no corpo, a imunidade do paciente precisa estar baixa. Invasões de repetição de fatores patogênicos externos podem levar o paciente à condição de doente crônico.

Existem 5 tipos de efeitos causadores de bloqueios do meridiano: Vento é caracterizada por sensibilidade e dor nos músculos e limitação do movimento que ora afeta uma articulação, ora afeta outra. Um exemplo clássico seria o torcicolo gerado em uma pessoa que passou a noite com o ventilador virado para o próprio corpo durante a noite. Umidade: caracterizada por dor, sensibilidade e inchaço dos músculos e juntas, com sensação de peso e formigamento dos membros. A dor afeta articulações específicas do corpo e acontece principalmente por exposição excessiva ao clima úmido. Frio: caracterizada por dor severa de uma determinada junta ou músculo, com limitação do movimento e geralmente afeta somente um dos lados do corpo. É o fator patogênico mais comum na artrite, visto que os sintomas da doença pioram no inverno e em baixas temperaturas. Calor: neste caso, quando o fator patogênico não foi expulso, a reação do organismo é gerar uma inflamação. A esta inflamação, damos o nome de “Calor”. Ocorre uma deficiência da energia Yin do corpo, ressecando os fluídos, deixando os músculos e juntas ainda mais rígidos.

Neste estágio existe dor, calor, vermelhidão e inchaço das juntas, limitação de movimento e dor severa.

Ao atingir parte óssea: quer dizer que a dor tornou-se doença Crônica. A obstrução persistente dos fatores patogênicos gera mucosidade intensa, afetando não somente os músculos e juntas, mas também as os órgãos internos.

Quando um indivíduo é diagnosticado com Artrite, de fato ele já está na fase de Síndrome de Calor, onde a persistência dos fatores patogênicos gerou uma inflamação generalizada dos músculos e juntas ou ainda,  poderá estar na fase de Síndrome Óssea, onde o Rim, principal responsável pelos ossos na medicina chinesa, também já se encontra afetado. Nesta fase é comum que se encontre até mesmo deformidades ósseas.

Quando o clima está frio, existe um “congelamento” adicional da circulação, e o que antes era ruim, fica ainda pior. Quando o doente se movimenta, ou se aquece, acontece a dilatação dos vasos, permitindo uma melhora da nutrição dos ossos e músculos, permitindo da movimentação e a diminuição da dor.

Para o tratamento com acupuntura é  importante  identificar dentro dos padrões acima, qual o fator patogênico mais presente do indivíduo que sofre de Artrite. E o tratamento mais eficaz, será aquele em que se utiliza pontos para remover o fator patogêncico e desbloquear o meridiano.

Quando o indivíduo se encontra nas fases de Síndrome de Calor ou Óssea, além de remover os fatores patogênicos, é necessário fortalecer os Rins e o Fígado. Na primeira sessão já existe um alivio da dor, mas é um tratamento de aproximadamente 10sessões, dependendo de cada caso. Inicie seu tratamento o quanto antes. Evite as deformidades…

Agende sua avaliação Gratuita!

Ligue:43 33225301

Mal que acometerá cerca de 90% dos brasileiros em algum momento de suas vidas, a lombalgia, ou dor na coluna lombar, torna-se ainda mais cruel quando é crônica — o que ocorre em 1/3 dos casos.
São diversas as causas das dores na coluna como hernia de disco, artrite, estenose lombar, escoliose, protusão do disco, nervo pinçado, ciático, etc. Por isso, conforme a complexidade da patologia é preciso ter exames de imagem como Ressonância (MRI) ou Raio X, para um correto diagnóstico. A dor pode vir de pinçamentos ósseos (desequilibrios ósseos) ou de partes moles (músculo-esqueléticas)

A visão dos acupunturistas quando se refere a dores músculo-esqueléticas é que precisamos ter hábitos preventivos como exercícios físicos que promovem uma boa circulação sanguínea e energética,  alongamentos para estimular músculos, tendões e articulações, atividades que auxiliam no escape para o stress, pois o stress pode causar dores em qualquer parte do corpo em especial tensão na cervical e ombro e irradiação lombar. No caso de alterações ósseas, a acupuntura foca principalmente na analgesia.

O tempo frio tende a piorar algumas patologias como a artrite, tendinite ou dores musculares. O frio invade o nosso organismo através da pele ou vias respiratórias, o frio contrai os vasos sanguíneos, que neste caso compromete a circulação sanguínea  nos músculos, tendões e articulações.

Com a circulação comprometida é possível causar certas dores ou piorar uma dor existente. Casos como estes,   será tratado com acupuntura e terapias quentes como a moxabustão.

A umidade também causar dores na coluna. Os que sentem este impacto em primeira mão são aqueles que migram de lugares frios para estados com clima úmido. A umidade também afeta a digestão e o metabolismo, assim como o edema, contribuindo para problemas circulatórios, digestivos e obesidade. A acupuntura trata muito bem a eliminação desta umidade.

Como a acupuntura pode ajudar

Primeiramente é preciso esclarecer que referindo a dores na coluna causadas por lesão do disco ou hernia, estenose, protusão, artrite, etc., a acupuntura tratará da dor inflamatória causada por estas patologias proporcionando uma melhor qualidade de vida do paciente, mas não propriamente recompondo uma hernia ou corrigindo uma protusão no disco. Estes casos dependendo da gravidade requerem intervenção cirúrgica.

Baseado em estudos clínicos, a acupuntura atua no tratamento da dor na coluna estimulando fibras nervosas mielinizadas nos músculos enviando sinais para o sistema nervoso central onde são liberados péptideos endógenos semelhante a morfina (endorfinas). Estes neurotransmissores como a Beta-endorfina, tem uma ação analgésica bloqueando estímulos dolorosos no cortex cerebral. No sistema nervoso central o estímulo da acupuntura atua nos niveis medular, mesencefálico e hipotalâmico. Promovendo liberacao de Beta-endorfina  na corrente saguínea.

A ação anti-inflamatória da acupuntura deve-se a atuação da Beta-endorfina que está relacionada a liberação do Hormonio Adrenocorticotrófico ou ACTH  e Cortisol no cortex da supra renal.
Infelizmente a pessoa busca a acupuntura quando já consultou vários médicos e tomou vários remédios sem sucesso e logo quer resultados rápidos com a acupuntura. É claro que várias patologias agudas são resolvidas em algumas sessões de acupuntura. As crônicas já necessitam de um tratamento mais longo de 1 a 2 pacotes de 10 sessões.

Outro erro do paciente quando inicia o tratamento com acupuntura é que uma boa parte cessa o tratamento assim que tem uma melhora. É preciso entender que a acupuntura é um processo de recuperação semelhante a fisioterapia ou seja; se o tratamento não terminou o alívio da dor pode ser apenas temporário.

Por isso, o paciente deve manter contato e realizar sessões de manutenção se indicadas. Atualmente a acupuntura é o melhor tratamento para dores lombares. Dentre todos tratamentos do mercado, é o melhor custo benefício, pela agilidade do processo de recuperação e retorno as atividades de vida diária.

Se você tem dores lombares ligue 33225301 e agende sua primeira sessão, conheça os benefícios da acupuntura.

Acupuntura x Depressão

A depressão atinge atualmente uma grande parcela da humanidade e muitas vezes não é diagnosticado ou percebido a tempo de aliviar os sintomas numa fase mais leve da doença.

VISÃO OCIDENTAL x ORIENTAL – SINDROME DEPRESSIVA

No ponto de vista ocidental analisa-se o estado depressivo caracterizado por uma lentificação e diminuição em quase todos os aspectos das emoções e do comportamento.  A severidade da doença varia amplamente.

Na Visão oriental todas as personalidades estão susceptíveis ao estado depressivo, porém a baixa estima e carência do elemento TERRA pode exacerbar os sinais e sintomas.

SINAIS E SINTOMAS

O humor é descrito pela pessoa como triste, deprimido, desesperançado, desencorajado. A expressão facial e corporal mostra-se reprimida. O paciente pode ter queixas somáticas, como dores corporais. Alguns referem aumento da irritabilidade (raiva persistente, tendência para responder a eventos com ataques de ira ou culpando os outros; ou um sentimento exagerado de frustração por questões menores). A perda de interesse ou prazer está quase sempre presente, pelo menos em algum grau. A pessoa apresenta menor interesse por passatempos, tem menos prazer com qualquer atividade anteriormente considerada agradável.

O apetite geralmente está reduzido, muitos se forçam a comer. Pode também haver um aumento do apetite. A alteração do sono mais freqüente é a insônia. Os pacientes também podem apresentar hipersônia noturna ou diurna. As alterações psicomotoras incluem a agitação (incapacidade de ficar sentado quieto, ficar andando sem parar, agitar as mão, puxar ou esfregar a pele, roupas ou objetos) ou o retardo psicomotor (discurso, pensamento ou movimentos corporais lentificados, fala com volume diminuído, fala menos).

As tarefas leves parecem exigir um esforço substancial. Pode haver diminuição na eficiência para realizar tarefas.

Pode incluir avaliações negativas e irrealistas do próprio valor, sentimentos de culpa e ruminações acerca de pequenos fracassos do passado. Essas pessoas geralmente interpretam mal eventos triviais ou neutros do cotidiano, como evidências de defeitos pessoais, e têm um senso exagerado de responsabilidade pelas adversidades. Esses sentimentos podem assumir proporções delirantes.

Dificuldades para pensar, concentrar-se ou tomar decisões. As pessoas podem distrair- se facilmente e ter dificuldade de memória.

Pensamentos recorrentes sobre morte, ideação suicida, planos ou tentativas de suicídio: Esses pensamentos variam desde uma crença de que seria melhor estar morto até pensamentos transitórios porém recorrentes sobre cometer suicídio ou planos específicos para se matar.

A depressão é um quadro que vai e volta, com alterações físicas em todos os órgãos, os distúrbios afetivos são: Bipolar, que apresentam crises de mania e depressão. E Unipolar, que apenas manifesta o quadro depressivo.

Pela medicina ocidental a medicação se faz em torno de antidepressivos: lítio, fluoxetina, estabilizantes do humor. Assim o acompanhamento da Psicoterapia e fundamental para a melhora do indivíduo, que pode perfeitamente associar-se a acupuntura e outras técnicas da MTC, para melhora na qualidade de vida do sujeito, bem com o seu restabelecimento GERAL.

Na acupuntura tento identificar a raiz do problema e procurar qual o desequilibrio q gerou toda desarmonia. Incompatibilidade de personalidades, oscilação do Yin e Yang a todo momento, ficar presa no passado, traumas e frustrações, angústias e ressentimentos, ou até mesmo a tristeza sem causa.

Em casos mais avançados é fundamental o acompanhamento psiquiátrico para associar a alopatia (medicação) com a acupuntura para potencializar o resultado.

Acupuntura em Crianças

A área de atuação da acupuntura é imensa, podendo ser usada em todo e qualquer problema de saúde, desde o mais simples ao mais complexo. A acupuntura tem como objetivo recuperar o equilíbrio energético restaurando a saúde.

O equilíbrio energético proporciona diminuição da ansiedade, melhora do sono, aumento da circulação e absorção de nutrientes, melhora do funcionamento orgânico em geral, não apresenta efeitos secundários nocivos e tem ação preventiva.

Acupuntura para Crianças

As crianças reagem mais rápido à acupuntura e são mais receptivas que os adultos, porque escondem sua fonte energética atrás de menos estratos defensivos. A acupuntura pediátrica tem como diferencial a forma de atendimento da criança e o estimulo usado. Normalmente os estímulos são feitos com massagem, moxa, LASER, acupuntura auricular e cromo acupuntura (uso de cores nos pontos de acupuntura). Esse tipo de estimulo torna o tratamento totalmente indolor.

As crianças maiores que 7 anos apresentam melhor resultado com o uso de agulhas, sendo que bebês e crianças menores de 7 anos respondem muito bem com a utilização do LASER. O tratamento e a freqüência das aplicações variam de acordo com o quadro clinico da criança. A acupuntura preventiva tem como objetivo na criança diminuir a incidência das doenças, fortalecendo o sistema imunológico e mantendo o equilíbrio energético. O sistema imunológico da criança não está adequadamente preparado o que faz com que ela sofra mais o impacto das viroses, como as respiratórias, intestinais, gripes, ajuda a espaçar as crises de asma, bem como diminuir seus sintomas. A acupuntura utiliza recursos do próprio organismo para restaurar o equilíbrio.

A acupuntura pediátrica pode tratar vários distúrbios como:

•Falta de apetite
•Diarréias
•Agitação (hiperatividade)
•Dificuldade para dormir
•Resfriados
•Asma
•Rinites
•Bronquites
•Cólicas no lactente
•Distúrbios na concentração escolar
•Febre
•Ranger dos dentes, etc

Fonte: Ecco Fibras