Feeds:
Posts
Comentários

Archive for maio \16\UTC 2013

Mal que acometerá cerca de 90% dos brasileiros em algum momento de suas vidas, a lombalgia, ou dor na coluna lombar, torna-se ainda mais cruel quando é crônica — o que ocorre em 1/3 dos casos.
São diversas as causas das dores na coluna como hernia de disco, artrite, estenose lombar, escoliose, protusão do disco, nervo pinçado, ciático, etc. Por isso, conforme a complexidade da patologia é preciso ter exames de imagem como Ressonância (MRI) ou Raio X, para um correto diagnóstico. A dor pode vir de pinçamentos ósseos (desequilibrios ósseos) ou de partes moles (músculo-esqueléticas)

A visão dos acupunturistas quando se refere a dores músculo-esqueléticas é que precisamos ter hábitos preventivos como exercícios físicos que promovem uma boa circulação sanguínea e energética,  alongamentos para estimular músculos, tendões e articulações, atividades que auxiliam no escape para o stress, pois o stress pode causar dores em qualquer parte do corpo em especial tensão na cervical e ombro e irradiação lombar. No caso de alterações ósseas, a acupuntura foca principalmente na analgesia.

O tempo frio tende a piorar algumas patologias como a artrite, tendinite ou dores musculares. O frio invade o nosso organismo através da pele ou vias respiratórias, o frio contrai os vasos sanguíneos, que neste caso compromete a circulação sanguínea  nos músculos, tendões e articulações.

Com a circulação comprometida é possível causar certas dores ou piorar uma dor existente. Casos como estes,   será tratado com acupuntura e terapias quentes como a moxabustão.

A umidade também causar dores na coluna. Os que sentem este impacto em primeira mão são aqueles que migram de lugares frios para estados com clima úmido. A umidade também afeta a digestão e o metabolismo, assim como o edema, contribuindo para problemas circulatórios, digestivos e obesidade. A acupuntura trata muito bem a eliminação desta umidade.

Como a acupuntura pode ajudar

Primeiramente é preciso esclarecer que referindo a dores na coluna causadas por lesão do disco ou hernia, estenose, protusão, artrite, etc., a acupuntura tratará da dor inflamatória causada por estas patologias proporcionando uma melhor qualidade de vida do paciente, mas não propriamente recompondo uma hernia ou corrigindo uma protusão no disco. Estes casos dependendo da gravidade requerem intervenção cirúrgica.

Baseado em estudos clínicos, a acupuntura atua no tratamento da dor na coluna estimulando fibras nervosas mielinizadas nos músculos enviando sinais para o sistema nervoso central onde são liberados péptideos endógenos semelhante a morfina (endorfinas). Estes neurotransmissores como a Beta-endorfina, tem uma ação analgésica bloqueando estímulos dolorosos no cortex cerebral. No sistema nervoso central o estímulo da acupuntura atua nos niveis medular, mesencefálico e hipotalâmico. Promovendo liberacao de Beta-endorfina  na corrente saguínea.

A ação anti-inflamatória da acupuntura deve-se a atuação da Beta-endorfina que está relacionada a liberação do Hormonio Adrenocorticotrófico ou ACTH  e Cortisol no cortex da supra renal.
Infelizmente a pessoa busca a acupuntura quando já consultou vários médicos e tomou vários remédios sem sucesso e logo quer resultados rápidos com a acupuntura. É claro que várias patologias agudas são resolvidas em algumas sessões de acupuntura. As crônicas já necessitam de um tratamento mais longo de 1 a 2 pacotes de 10 sessões.

Outro erro do paciente quando inicia o tratamento com acupuntura é que uma boa parte cessa o tratamento assim que tem uma melhora. É preciso entender que a acupuntura é um processo de recuperação semelhante a fisioterapia ou seja; se o tratamento não terminou o alívio da dor pode ser apenas temporário.

Por isso, o paciente deve manter contato e realizar sessões de manutenção se indicadas. Atualmente a acupuntura é o melhor tratamento para dores lombares. Dentre todos tratamentos do mercado, é o melhor custo benefício, pela agilidade do processo de recuperação e retorno as atividades de vida diária.

Se você tem dores lombares ligue 33225301 e agende sua primeira sessão, conheça os benefícios da acupuntura.

Anúncios

Read Full Post »

A depressão atinge atualmente uma grande parcela da humanidade e muitas vezes não é diagnosticado ou percebido a tempo de aliviar os sintomas numa fase mais leve da doença.

VISÃO OCIDENTAL x ORIENTAL – SINDROME DEPRESSIVA

No ponto de vista ocidental analisa-se o estado depressivo caracterizado por uma lentificação e diminuição em quase todos os aspectos das emoções e do comportamento.  A severidade da doença varia amplamente.

Na Visão oriental todas as personalidades estão susceptíveis ao estado depressivo, porém a baixa estima e carência do elemento TERRA pode exacerbar os sinais e sintomas.

SINAIS E SINTOMAS

O humor é descrito pela pessoa como triste, deprimido, desesperançado, desencorajado. A expressão facial e corporal mostra-se reprimida. O paciente pode ter queixas somáticas, como dores corporais. Alguns referem aumento da irritabilidade (raiva persistente, tendência para responder a eventos com ataques de ira ou culpando os outros; ou um sentimento exagerado de frustração por questões menores). A perda de interesse ou prazer está quase sempre presente, pelo menos em algum grau. A pessoa apresenta menor interesse por passatempos, tem menos prazer com qualquer atividade anteriormente considerada agradável.

O apetite geralmente está reduzido, muitos se forçam a comer. Pode também haver um aumento do apetite. A alteração do sono mais freqüente é a insônia. Os pacientes também podem apresentar hipersônia noturna ou diurna. As alterações psicomotoras incluem a agitação (incapacidade de ficar sentado quieto, ficar andando sem parar, agitar as mão, puxar ou esfregar a pele, roupas ou objetos) ou o retardo psicomotor (discurso, pensamento ou movimentos corporais lentificados, fala com volume diminuído, fala menos).

As tarefas leves parecem exigir um esforço substancial. Pode haver diminuição na eficiência para realizar tarefas.

Pode incluir avaliações negativas e irrealistas do próprio valor, sentimentos de culpa e ruminações acerca de pequenos fracassos do passado. Essas pessoas geralmente interpretam mal eventos triviais ou neutros do cotidiano, como evidências de defeitos pessoais, e têm um senso exagerado de responsabilidade pelas adversidades. Esses sentimentos podem assumir proporções delirantes.

Dificuldades para pensar, concentrar-se ou tomar decisões. As pessoas podem distrair- se facilmente e ter dificuldade de memória.

Pensamentos recorrentes sobre morte, ideação suicida, planos ou tentativas de suicídio: Esses pensamentos variam desde uma crença de que seria melhor estar morto até pensamentos transitórios porém recorrentes sobre cometer suicídio ou planos específicos para se matar.

A depressão é um quadro que vai e volta, com alterações físicas em todos os órgãos, os distúrbios afetivos são: Bipolar, que apresentam crises de mania e depressão. E Unipolar, que apenas manifesta o quadro depressivo.

Pela medicina ocidental a medicação se faz em torno de antidepressivos: lítio, fluoxetina, estabilizantes do humor. Assim o acompanhamento da Psicoterapia e fundamental para a melhora do indivíduo, que pode perfeitamente associar-se a acupuntura e outras técnicas da MTC, para melhora na qualidade de vida do sujeito, bem com o seu restabelecimento GERAL.

Na acupuntura tento identificar a raiz do problema e procurar qual o desequilibrio q gerou toda desarmonia. Incompatibilidade de personalidades, oscilação do Yin e Yang a todo momento, ficar presa no passado, traumas e frustrações, angústias e ressentimentos, ou até mesmo a tristeza sem causa.

Em casos mais avançados é fundamental o acompanhamento psiquiátrico para associar a alopatia (medicação) com a acupuntura para potencializar o resultado.

Read Full Post »