Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘hiperatividade’

A área de atuação da acupuntura é imensa, podendo ser usada em todo e qualquer problema de saúde, desde o mais simples ao mais complexo. A acupuntura tem como objetivo recuperar o equilíbrio energético restaurando a saúde.

O equilíbrio energético proporciona diminuição da ansiedade, melhora do sono, aumento da circulação e absorção de nutrientes, melhora do funcionamento orgânico em geral, não apresenta efeitos secundários nocivos e tem ação preventiva.

Acupuntura para Crianças

As crianças reagem mais rápido à acupuntura e são mais receptivas que os adultos, porque escondem sua fonte energética atrás de menos estratos defensivos. A acupuntura pediátrica tem como diferencial a forma de atendimento da criança e o estimulo usado. Normalmente os estímulos são feitos com massagem, moxa, LASER, acupuntura auricular e cromo acupuntura (uso de cores nos pontos de acupuntura). Esse tipo de estimulo torna o tratamento totalmente indolor.

As crianças maiores que 7 anos apresentam melhor resultado com o uso de agulhas, sendo que bebês e crianças menores de 7 anos respondem muito bem com a utilização do LASER. O tratamento e a freqüência das aplicações variam de acordo com o quadro clinico da criança. A acupuntura preventiva tem como objetivo na criança diminuir a incidência das doenças, fortalecendo o sistema imunológico e mantendo o equilíbrio energético. O sistema imunológico da criança não está adequadamente preparado o que faz com que ela sofra mais o impacto das viroses, como as respiratórias, intestinais, gripes, ajuda a espaçar as crises de asma, bem como diminuir seus sintomas. A acupuntura utiliza recursos do próprio organismo para restaurar o equilíbrio.

A acupuntura pediátrica pode tratar vários distúrbios como:

•Falta de apetite
•Diarréias
•Agitação (hiperatividade)
•Dificuldade para dormir
•Resfriados
•Asma
•Rinites
•Bronquites
•Cólicas no lactente
•Distúrbios na concentração escolar
•Febre
•Ranger dos dentes, etc

Fonte: Ecco Fibras

Anúncios

Read Full Post »